[ Cartas para o Além ] VIXI

Postado em

Cartas-para-o-Alem-Bei2

Parafraseando um testículo que li hoje num post, este seria o número que corresponderia ao resumo da minha vida:

VIXI

Memorando dos rascunhos perdidos de um diário amarrotado…

Quantas faces eu tenho? Em que grau de multiplicidade de adaptações tive que submeter a minha mente numa tentativa quase que instintiva para sobreviver. Justo eu que já busquei pelo suicídio como quem joga a bandeira branca pra finalizar uma guerra… Já fiz inúmeras visitas aos Portões do Inferno, mas nunca me deixaram entrar! Tive a audácia de imaginar que o tito cujo tinha medo de mim, porque se eu permanecesse no terrítório dele, ele seria destronado. Então descobri uma de minhas faces e achei ela muito feia, de verdade! Também não me foi concedido a liberdade de passear nos Portões do Paraíso, mas sei que o quer que seja que me guia, que a luz que me ilunima, que a substância e a energia que me move vem de lá. DEUS! Deus do Bem e do Mal… É! Deus do mal também, porque tudo é criação DELE. Até o mal é dele, só que os idiotas são tão baixos que ainda não se deram conta disso.

O que ELE quer de mim? Ele quer o que eu quero! Por isso me deu o livre arbítrio e me fez sua imagem e semelhança. Quer dizer, é uma honra saber que sou uma deusa, pelo menos na minha ínfima mas não menos significante parcela de sua eterna criação. Se eu fosse capaz de usar bem de todos os dons e porque não dizer poderes que ELE me concedeu, com certeza eu seria uma entidade muito melhor…
Minha teimosia e minha arrogância perante a vida ainda são tanto meu alicerce como meus algozes nessa caminhada.
SABER. CRIAR. TER. PODER!

Essa autonomia e essa independência foram os fundamentos da minha LIBERDADE!
Sinto-me por inúmeras vezes uma escrava, quando sei que dentro da minha alma não há espaço para aceitar ordens. Este relevante disturbio de comportamento então seria mais uma de minhas tantas faces! Aceito perder depois de ter apanhado, mas não consigo nem lidar com o sentimento de derrota ou de fracasso por negligenciar a tentativa. O ARREPENDIMENTO já foi uma tortura bastante familiar para mim, quase um amigo íntimo e é justamente por isso que fujo dele. Não quero senti-lo de novo!

Esta é mais uma das razões para eu ter pavor das condicionais: SE, SE, SE… e se? Cristo Redentor… E SE nada… Vai lá e faz, se não der certo paga o pato. Quero dizer assume-se as consquências do que quer que seja. Mas tira a prova dos 9 e não morra arrependido de não ter feito. Essa minha face é bem ousada e arredia. Me recordo do comentário de um querido sobre mim, bem engraçadinho também, com toda a sua perspicaz e selvagem sensualidade… ” Não se bota cabresto e nem se doma fácil uma égua livre e selvagem! ” Só pra esclarecer… Eu sou matuta alfabetizada de roça mesmo, com o pé no estrume do curral, de banho de rio e trepar em pé de umbuzeiro e tudo mais… Os cavalos para mim são as criaturas mais lindas já criadas pelo Criador. Nossa!!! Como os amo e como sinto sua sintonia… Também já fui uma amazona, com certeza em qualquer dessas vidas!

Tornei-me uma artista para me adaptar as circunstâncias que a vida me apresentou… E hoje me pergunto;
– quem sou eu afinal?

Tenho certeza que o diagnóstico do meu psiquiatra tá errado! Ainda não caiu a ficha nele de quantas faces eu adquiri e ele acha que eu tenho cura e sou normal. Não me perguntem se isso é bom ou mal. Acredito que depende apenas da conveniência! MALANDRAGEM! Essa é outra face… Dá pra compor um best seller com esse tema. O homem encontra os próprios meios quando realmente quer, e quando não os tem, cria!

Num dia lindo de verão me chamaram de COVARDE, e foi só por causa disso que descobri que não sou e que as mentiras existem. Então aprendi a extrair o bem de todo mal, porque tudo a sua volta é um reflexo do que você alimenta em sua crença.

Me identifiquei demais com esse texto. Qualquer semelhança será mera coincidência…
Fonte: Autor Desconhecido
P.S.: Não se esqueça de que aprendi a mentir!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s